Moto ou Carro: O que levar em consideração na hora da compra?

Carro e moto são os meios mais populares de transporte em todo o mundo. Cada um com suas particularidades, eles exigem uma cautela no momento da escolha se não há a opção de ter os dois na garagem. Analisando um a um em detalhes é possível escolher qual é o melhor para o seu tipo de uma. Saiba mais a seguir.

Vantagens de ter um carro na garagem

O carro é sempre uma boa opção quando não se mora sozinho. O transporte familiar (especialmente quando há filhos) é um dos principais motivadores para quem optar por um veículo de quatro rodas. Ele ocupa mais espaço sim na garagem mas é muito mais confortável para viajar e seguro para levar crianças. Para socorrer pessoas é a melhor opção, por isso é muito comum comprar um carro após o nascimento de um filho.

Um veículo maior em casa e mais confortável exige gastos também. O tabela IPVA PE 2019 para caro é mais caro em comparação a uma moto, as vezes chegando ao dobro. E quanto mais novo o carro mais caro será o seu IPVA Rio de Janeiro ou de qualquer outro estado. 

Há outros gastos envolvendo carro na garagem também. Combustível é mais caro, assim como manutenção e até mesmo estacionamento. O conforto de andar sentadinho e protegido da chuva, neste caso, cobra um preço e não é dos mais em conta.

E a moto? Vale a pena? Quais as vantagens?

A moto é a boa amiga dos centros urbanos. Economia de espaço para estacionar e transitar nas vias leva muitos motoristas a optarem sempre por uma moto em primeiro lugar. Em alguns centros urbanos o estacionamento é um problema estrutural e a moto não precisa de muito para se posicionar. 

A economia de combustível é um dos motivadores mais levados em conta. Uma moto popular pode chegar a fazer 30 km ou mais com um litro enquanto os carros mais econômicos não chegam aos vinte. Com gasolina e álcool cada vez mais caros é um ponto a ser levado em consideração para quem trabalha motorizado ou percorre longas distâncias por dia.

Moto possui imposto mais barato e manutenção. O diferencial é sua desvalorização rápida. Em alguns meses mesmo tendo sido comprada 0 km ela pode chegar a custar menos da metade. Já o carro possui uma desvalorização de em média 15% ao ano em seu modelo 0 km.

Levar moto ou carro da loja?

Os dois são excelente veículos e cada um com seu diferencial. O segredo é avaliar qual o seu tipo de uso. Há quem mantenha os dois na garagem porque necessite do conforto do carro. Em cidades chuvosas pode ser a melhor opção, em especial quando há alagamentos constantes e filhos em casa. 

O carro é um veículo com espaço e maior gastos com manutenção, combustível e estacionamento. Mas para viajar longas distâncias é ainda a melhor opção. Para os centros urbanos e percorrer curtas distâncias e não querem ficar presos no engarrafamento a moto se torna um automotor mais favorável.